Cresce o movimento de regresso de angolanos ao país

  • PDF

logotipo smeO início das aulas no passado dia 10 de Setembro aumentou o número de entrada de cidadãos nacionais e a saída de estrangeiros nas fronteiras nacionais. Esta informação consta do relatório semanal, apresentado no fórum composto por chefes de Departamentos, dos postos de atendimento e oficiais Superiores,  convidados quando necessário.

De acordo com o relatório, durante este período, o SME emitiu um total de 5.360 actos para nacionais, dos quais 4.689 recebidos através das suas dependências diplomáticas que prestam atendimento aos angolanos pelo mundo. Procedeu também à emissão de 2.315 actos para estrangeiros, designadamente vistos de curta duração, de trabalho, residência e suas respectivas revalidações de um total de 13.408 actos recepcionados.

Recebeu, referenciou e emitiu igualmente 707 passes travessia.

Quanto às informações migratórias, o serviço de fiscalização aplicou um total de 121 multas, por  violação à lei n.º 2/07, de 31 de Agosto, sobre o Regime Jurídico dos Estrangeiros na República de Angola.

O documento em questão realça a expulsão de forma judicial, neste período, de 161 estrangeiros que viviam irregularmente no território nacional e 226 de forma ou por via administrativa.

Salienta-se que os cidadãos congoleses democráticos lideram a lista de infractores, enquanto isto, 325 se encontram detidos nos centros de detenção de estangeiros ilegais, aguardando pela medida de expulsão.

Nos últimos meses a média de expulsões de estrangeiros em situação irregular é de 350 por semana.

 

Fonte: Portal Institucional do SME, 20 de Setembro de 2012


Voltar

Autenticação

Idiomas / Translator

Links

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária